Cinta pós-parto: usar ou não usar?

Padrão
 

Post publicado originalmente no Mãe Marombeira, em 20/09/2012

Esse é um tema que gera muita polêmica entre a mulherada. As opiníões, inclusive dos profissionais, são diversas. Particularmente, não usei, logo já podem imaginar o meu posicionamento. Vou então, explicar os argumentos que me convenceram e foram cruciais na minha escolha por não utilizar a famosa cinta pós-parto. ATENÇÃO: Até onde eu sei, em caso de nascimento por via cirúrgica (cesárea) o uso de cinta é obrigatório, pelo menos por um tempo. Então, meu pitaco aqui vale para as que pretendem ter/terão parto normal/natural.

Logo que o bebê nasce, a musculatura do abdômem, hiperextendida, fica flácida e fraca. O músculo do abdômem é um dos principais envolvidos na manutenção da nossa postura. Ficar de pé, logo após parir o filho é muito esquisito! A barriga despenca! Como a gravidade empurra os órgãos pra baixo, se você ficar em pé muito tempo, chega a sentir falta de ar! Além do que, o seu centro de gravidade, que mudou gradualmente so longo dos nove meses precisa ser reestabelecido assim, de uma hora pra outra. Então levante, mas com cautela! rs…

O útero ainda estará volumoso, a pele sobrando, a musculatura flácida, os órgãos fora do lugar. Enfim, uma bagunça, rs… Uma cinta pode parecer uma solução tentadora, pois te dará mais estabilidade e conforto, mas segurança, sobrecarregará menos a lombar. MAS, veja bem, se ficar em pé por um período um pouco maior parece um desfio e causa muito cansaço, é justamente por que seu corpo está sendo requisitado. Ao levantar para tomar banho, para caminhar, para atender o bebê, você solicita automaticamente os músculos abdominais, que terão que trabalhar pra te manter em pé. Ou seja, mesmo sem querer e talvez sem perceber, você os estará tonificando. Se estivesse de cinta, não estaria.

Não vai ser em dois dias que sua barriga estará igual à de antes, até por que o útero ainda está retornando ao seu tamanho e lugar corretos. Amamentar, é um santo remédio pois a sucção e o contato com o bebê produzem ocitocina (o hormônio do amor) que é o hormônio que estimula o útero a se contrair. Você vai perceber que, ao amamentar, no começo, sentirá cólicas similares às cólicas menstruais. Não! Não brigue com elas, rs… é a ocitocina contraindo seu útero e fazendo a barriguinha desinchar!

Quanto às gordurinhas (e essas se acumulam não só na barriga, mas nas coxas, culotes e bumbum também), fique calma. O corpo passou nove meses acumulando essas reservas justamente pra garantir a produção de leite. Assim, a cada mamada, um pouquinho da gordurinha acumulada vai embora. Então você não precisa de nenhum regime mirabolante e nem correr pra academia. Apenas controle sua alimentação, sem cometer abusos fenomenais, amamente seu bebê em livre demanda e você vai ver suas medidas reduzindo gradualmente.

A cinta serve como uma “muleta” pra musculatura do seu abdômem. Sem a cinta, cada passo, cada movimento, é um estímulo para a musculatura. Você vai desperdiçar esse estímulo? Além do mais, ela comprime a pele, reduzindo a circulação sanguínea, o que pode piorar a flacidez da pele. E, pra completar, empurrar os órgãos pra trás na marra, com um útero ainda volumoso e um períneo que, assim como seu abdômem, também está se acostumando à nova situação e retornando à tonicidade natural (depois falamos mais sobre essa musculatura tão especial), pode estar relacionado com uma maior chance de você sofrer de “bexiga caída” (que aliás, não é culpa do parto normal, e sim do peso da gravidez e outros fatores, pois se não fosse assim, mulheres que optaram por cesárea não sofreriam desse mal nunca).

Ou seja, acho a cinta um desperdício de dinheiro e de tempo! Nos meus dois partos, após 15 dias, descontando a gordurinha e a pele, que demoram mais pra retornar, já sentia a musculatura bem mais tonificada e não, não parecia mais estar grávida, como muitas relatam que ficam.

Já na primeira semana, com autorização do seu médico, pode começar a realizar alguns exercícios para tonificar ainda mais sua musculatura, mas esse já é tema paro outro post.

Um beijo e espero ter contribuido para sua decisão, seja ela qual for!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s